O período mais esperado do Nordeste chegou! Mesmo com mais um cancelamento das tradicionais festas de rua, devido ao protocolo de segurança sanitária, nosso povo não consegue deixar esse tempo passar em branco. Então pode avisar que vai ter arraiá em casa, sim, senhor! E a ornamentação de festa junina tem que ser caprichada!


Bandeirinhas, itens de palha, xadrez, chita, balões, fogos, fogueira, forró, milho… Elementos não faltam para deixar a criatividade fluir. Rica em detalhes, significados, histórias e dona de um colorido marcante, ela é um dos pontos principais das festas que envolvem o mês. 


Pensando nisso, neste post separamos algumas dicas de DIY para a ornamentação da sua festa junina com sugestões que você pode preparar na sua casa aproveitando o melhor da Casa Vieira. Quer saber como? Confira abaixo! 

1. Aproveite os elementos mais simples

Para quem gosta de usar e abusar da criatividade, qualquer coisa pode virar adereço de festa e, no caso de festas com características tão regionais como as juninas, elementos não vão faltar para deixar o ambiente ainda mais bonito e rico em significados. 


Copinhos de cachaça, arranjos artificiais, papel colorido de diferentes espessuras, EVA, fitilhos, colheres de pau, palitos de churrasco ou picolé e até mesmo o conhecido pregador de roupa acabam se transformando em acessórios decorativos. 


Os palitos viram fogueirinhas ou espetos decorativos com bandeirinhas de enfeite, os fitilhos coloridos realçam a alegria da festa com franjas em estandartes e em laços. Você também pode aproveitar tanto os palitos quanto papéis coloridos ou tecidos estampados para revestir latas e improvisar vasinhos com os arranjos artificiais. 

2. Invista no colorido e nas estampas 

Além dos detalhes, um ponto que com certeza chama a atenção é o colorido e as estampas dessa festa. Mas não é qualquer estampa: o xadrez e a chita são os protagonistas da decoração. O contraste vibrante das cores das estampas dá um charme todo especial e característico a qualquer ambiente. 


Por isso, investir em jogos americanos, toalhas de mesa e a exploração delas em outros detalhes da composição é fundamental. 


Para o nordestino que cresceu inserido nessa cultura, certamente não faltam boas lembranças de um cenário todo enfeitado com eles. 

3. Não esqueça das características regionais 

Por fim, se tem uma coisa que com certeza marca as festas juninas, independente de onde sejam celebradas, com certeza é a regionalidade. Ela deve estar presente nas festas em meio ao cardápio, as atrações, peças e figuras bem típicas da época e da localidade. 


Elementos como o milho, a fogueira, a sanfona, as vestimentas do sertanejo, as plantas e flores características da região, laços, santinhos e outros componentes que representam a religiosidade local não podem ficar de fora. 


Com a proximidade das datas, você tanto pode encontrar materiais que já vem com as estampas repletas de pontos da época como também pode arriscar os desenhos e colagens sozinho em casa. 



Gostou das nossas dicas? Então não deixe de passar em nossas sessões para garantir os materiais indispensáveis para tornar sua festa ainda mais especial, bonita e criativa. 


Ademais, acompanhe a Casa Vieira no Instagram e fique por dentro das nossas novidades e promoções a cada nova atualização!