A prancha de cabelo ou chapinha, como é popularmente conhecida, é um equipamento indispensável para as mulheres que querem manter seus cabelos lisos. Contudo, esse tipo de produto precisa ser utilizado com cuidado. Afinal, pelo fato de usar o calor para promover o alisamento dos fios, pode acabar sendo perigoso para a saúde do cabelo.

Além disso, há alguns equívocos que permeiam o uso da prancha de cabelo. Isso por que existem diversos materiais e tecnologias que são aplicados nesse produto. Dessa forma, no post de hoje, explicaremos quais são os principais tipos de chapinhas e qual delas é a ideal para o seu tipo de cabelo. Confira!

 

PRANCHA DE CERÂMICA

A prancha de cabelo feita com cerâmica é a mais indicada. Afinal, o material utilizado para produzi-la permite o uso em altas temperaturas, pois quando é aquecida distribui a temperatura por igual em toda a extensão do produto. Isso garante um resultado uniforme e mais seguro para o cabelo.

As pranchas revestidas de cerâmica, além desses benefícios, são menos agressivas porque deslizam com mais facilidade pelos cabelos. Por fim, a cerâmica libera raios infravermelhos que combatem o ressecamento dos fios.

 

PRANCHA DE TITÂNIO

Já a prancha de cabelo de titânio possui outro tipo de aquecimento. Indicada para cabelos mais resistentes, sua temperatura é bem mais elevada. Portanto, carece de cuidados mais intensos na hora da utilização. Apesar de serem indicadas para fazer procedimentos como progressivas, elas não são indicadas para uso doméstico. Dessa forma, o ideal é que ela seja utilizada apenas por cabelereiros profissionais, devido ao seu alto poder de aquecimento.

 

PRANCHA DE TURMALINA

A prancha de cabelo que possui revestimento de turmalina é recente. Isso por que sua superfície é feita de um mineral semiprecioso, que adere o calor tão bem quanto a cerâmica. O resultado do uso desse tipo de chapinha é otimizado devido a liberação de íons negativos.

Durante as passadas no cabelo, a prancha de turmalina libera íons negativos, que quando entram em contato com a carga positiva dos cabelos, ajudam a selar as cutículas dos fios, promovendo mais brilho e maciez. O aspecto de cabelo mais saudável também é característica desse tipo de prancha de cabelo.

 

PRANCHA COM ÍONS NEGATIVOS

As pranchas com íons negativos liberam, na hora do uso, partículas que quando entram em contato com as cutículas dos cabelos as selam, dando aos fios um aspecto saudável e duradouro. Diversos tipos de materiais contam com essa tecnologia e a maioria das pranchas de cerâmica possui a tecnologia em sua composição. Entretanto, isso não é regra: é preciso avaliar antes de fazer a compra.


DICAS IMPORTANTES

Por fim, ao usar sua prancha de cabelo, é preciso tomar algumas precauções que certamente garantirão resultados seguros e duradouros:

 

  1. Nunca utilize a prancha de cabelo enquanto os fios estiverem molhados. Isso pode queimar seu cabelo! Portanto, antes de utilizar a chapinha, seque bem os fios com uma toalha ou com secador.
     
  2. Caso opte por utilizar um secador de cabelo, nunca o use a menos de 15 centímetros dos fios;
     
  3. Nunca ultrapasse os 190 graus durante a utilização da chapinha;
     
  4. Para cabelos finos ou tingidos, a temperatura ideal é de 140 a 150 graus;
     
  5. Para cabelos curtos, recomendamos as chapinhas de menor largura. Isso ajuda o equipamento a chegar mais próximo dos fios, garantindo um resultado uniforme;
     
  6. Dê uma margem de três centímetros da raiz para onde você passará a chapinha. Além de prevenir que você se queime durante as passadas, também evita que seu couro cabeludo fique oleoso;
     
  7. Não se esqueça de aplicar um sérum (protetor térmico) antes de usar a prancha de cabelo. Eles ajudarão a proteger seus fios e melhoram o resultado do procedimento;
     
  8. Ao fim do procedimento, utilize produtos finalizadores com silicone em sua composição. Além de deixar os cabelos com mais brilho e menos frizz, eles também protegem os cabelos dos raios do sol.