contato@casavieira.com.br | (82) 2123 4350

Como harmonizar vinhos: entenda as combinações da bebida com alimentos

24 de abril de 2019



Nada melhor que comer um delicioso prato ao lado de quem a gente gosta, não é mesmo? Se estiver acompanhado de um bom vinho, então, é melhor ainda! Só que combinar alimentos com vinho não é algo que pode ser feito no achismo.

Afinal, os sabores podem fazer uma confusão em seu paladar e estragar a experiência. Por isso, para combinar vinho com alimentos é preciso conhecer regras básicas de harmonização.

Esse simples conhecimento tem o poder de transformar um simples jantar em uma experimentação gourmet e expandirá seus sentidos. Ficou curioso para saber o que é preciso fazer? Então continue lendo este texto para conhecer as técnicas de harmonização de vinhos!


Por onde começar?

Antes de tudo, é importante conhecer as orientações básicas. Elas lhe ajudarão a fazer as primeiras degustações e a sentir, na prática, a diferença de tomar vinho com um alimento que harmoniza com ele. Além disso, entendê-las é fundamental para a harmonização com pratos mais complexos. Confira quais são elas:

Vinhos espumantes e frisantes: esse tipo de vinho, que é mais leve, harmoniza com saladas, entradas e petiscos. Dependendo da doçura do rótulo, algumas frutas e sobremesas também podem ser harmonizadas com ele. 

Vinhos brancos e rosés: já esses vinhos são ideais para consumir com peixes, frutos do mar, queijos e massas ao molho branco. Saladas também caem bem com eles. 

Vinhos tintos: o mais comum dos vinhos casa perfeitamente com carnes vermelhas, molhos mais ácidos (vermelho ou rosé) e queijos de massa dura. 

Vinhos doces ou fortificados: são ideais para consumo com sobremesas em geral e queijos azuis como gorgonzola, roquefort e stilton. 

Esse é só o básico do básico. Assim como as carnes vermelhas, por exemplo, que possuem vários tipos de corte, os vinhos também possuem muitos rótulos com acidez, doçura e nível de álcool diferentes. Entretanto, o que realmente define a harmonização de um prato com o vinho é seu sabor. Por isso, separamos algumas outras dicas que irão te ajudar a escolher o vinho certo. 

Atente-se à proporção do peso do vinho em relação ao prato. Mas como saber isso? É simples: um prato mais consistente e pesado, com sabores intensos ou mais temperados, harmonizam com vinhos densos e encorpados. 

Vinhos leves, por sua vez, vão bem em pratos de sabor mais neutros. Caso você não se atente a esse fator, o resultado durante a degustação é uma sobreposição de sabores. Nesse caso, um vinho encorpado, por exemplo, tirará todo o gosto da comida.

Consumir pratos com amargor ou sal acentuados, além de peixes e frutos do mar, não combinam com vinhos que possuem muitos taninos. Mas o que é isso? Sabe aquela sensação de boca seca após provar certos vinhos tintos? Pois é! Isso é causado por eles. Por isso, tome cuidado ao escolhê-los. 

Ademais, vinhos com teor elevado de álcool não se dão bem com pratos picantes ou salgados. Por fim, alimentos com acidez proeminente ficam amargos quando acompanhados por vinhos ricos em taninos. Viu que eles são bem específicos, né?

Outra boa técnica é harmonizar por semelhança. Dessa forma, você deve considerar vinhos de aroma frutado para servir com pratos que possuam frutas, por exemplo.

Deu para entender mais ou menos como funciona a harmonização de vinhos com alimentos? Então prepare um belo jantar e convide alguém para pôr em prática o que aprendeu. Para encontrar as melhores opções de vinhos, não deixe de passar em uma das unidades da Casa Vieira!




Leia Também



Flores para casamento: principais opções e como usá-las na decoração

Selecionamos algumas dicas e sugestões de flores para casamento para te ajudar a escolher a que deixará seu casamento ainda mais lindo!

Leia mais


Como escolher o local do casamento perfeito para sua cerimônia?

Escolher o local do casamento é difícil, mas fica mais fácil se você atentar a alguns pontos importantes. Leia nosso texto e descubra quais são eles!

Leia mais


Itens de higiene que precisam estar no enxoval do seu bebê

Não é só com roupinhas que o enxoval do seu bebê deve ser montado. Diversos itens de higiene são necessários para garantir a saúde do seu pequeno. Saiba aqui quais são eles!

Leia mais